domingo, 14 de setembro de 2008

Join the line


Hoje é o dia em que decido:
Vou deixar de sonhar!
Acabou-se e vou libertar-me dos outros todos...
Não me vou permitir a viajar outra vez à terra das ilusões
à terra das possibilidades,
dos "se's" e dos "talvez um dia".
Desisto hoje de almejar qualquer coisa ou situação diferente da que me encontro.
Acabou!
Demito-me do cargo de sonhador.


A partir de hoje vou para a fila da mediocridade, de onde sei que não vou sair, pois abandonei a ambição.
Vou fechar as portas e janelas da minha mente; guardar todo o tipo de pensamento revolucionário nas gavetas. Vou trabalhar apenas os pensamentos necessários para me manter na fila dos medíocres.
Quem sabe se daqui a um tempo, por hábito, me vou julgar no sítio onde sempre sonhei estar...

Sem comentários: