sexta-feira, 12 de outubro de 2007

Descolando


Agora, há que soltar as peças que não fazem parte dos alicerces… Podem ser todas coloridas, disfarçadas de essenciais, mas isso elas não são. Quando foram criadas faziam falta, mas agora ocupam espaço, espaço que é precioso, ocultando a parte sólida. É preciso progredir na construção!
Descolamos então os autocolantes coloridos que ocultam o essencial, e expomos a nu a parte tosca. Alguns estão tão colados que quase se confundem com o essencial. Alguns não dá para descolar…
Mas vamos continuando a descolar, tentando combater essas películas aparentemente belas, mas que sufocam o essencial.
Uma parte do essencial continua sem marcas, em bruto… A essa parte vai se juntando as partes recentemente descoladas, e vai finalmente começando a surgir seguimento na construção!
Porém há peças que continuam ocultas em grossas camadas de autocolantes.

Sem comentários: