quinta-feira, 17 de abril de 2014

Estar sozinho é estar comigo... a única companhia da qual não prescindirei (até porque não posso) é a minha. Logo, é melhor tratar das minhas divergências comigo que possam surgir e seguir confortavelmente ao meu lado. Se não, corro o risco de ter de me arrastar...
Cuidado!!!

Sem comentários: